Volvo Ocean Race: jogo apertado na chegada a Newport e promete ter um desfecho muito próximo nos EUA

por Redação de Olho no Mar / 08/05/2018

Oitava etapa da Volvo Ocean Race promete ter um desfecho muito próximo nos Estados Unidos, assim como duelos de vôlei no tie-break e futebol nos pênaltis


(Foto: Jeremie Lecaudey/Volvo Ocean Race)

A oitava etapa da Volvo Ocean Race 2017-18 vai ser decidida na madrugada desta terça-feira (8) - ou até mesmo na noite de segunda-feira (7) - e provavelmente o vencedor não terá muita folga. Liderando as milhas finais do percurso entre Itajaí (SC) e Newport (Estados Unidos), o holandês Team Brunel tem menos de 12 milhas náuticas de vantagem para o Dongfeng Race Team. Não dá pra cantar vitória pelas condições de navegação previstas.

Além disso, os cinco primeiros barcos estão apenas 36 milhas de distância uns dos outros após 14 dias no mar. Faltam menos de 800 milhas náuticas das 5.700 do percurso pelo Atlântico.

"A perda em comparação com o Dongfeng parou", escreveu o holandês Bouwe Bekking. ''O mais perto que chegaram a nós foi de 2,6 milhas náuticas. Nós tínhamos o plano de não combinar com os ângulos deles. Eles navegaram mais alto e mais rápido, além de ter uma brisa melhor''.

Em terceiro vem o Vestas 11th Hour Racing, seguido por Turn the Tide On Plastic e MAPFRE. Akzonobel e Scallywag fecham a flotilha.

''A realidade é que, embora tenhamos nos aproximado de Brunel e Dongfeng em termos de distância, eles estão atualmente colocados um pouco mais seguros do lado de fora de nós quando nos aproximamos da alta das Bermudas'', disse o navegador Simon Fisher, do Vestas.

Os barcos estão na linha da Carolina do Norte, já nos Estados Unidos. Todos deram o famoso bordo rumo à costa para a aproximação final.

FONTE: REVISTA MARINER// DIVULGAÇÃO: DE OLHO NO MAR